Série C | Juventude 1 x 2 Boa Esporte


Futebol Milionário

Série C

Juventude 1 x 2 Boa Esporte. BEC surpreende em Caxias e leva vantagem para Varginha.
Com o resultado da primeira partida, o Boa pode perder até por 1 a 0 na volta, que se classifica para a final.

O jogo de volta está marcado para as 21 horas do próximo sábado, no Estádio Municipal de Varginha. Com o resultado da primeira partida, o Boa pode perder até por 1 a 0, que se classifica para a final. Qualquer empate também é dos mineiros. Um novo 2 a 1, para o time gaúcho, leva a decisão para os pênaltis.

FULMINANTE
Se no jogo do acesso, diante do Botafogo-PB, o Boa Esporte só conseguiu balançar as redes aos 50 minutos do segundo, no primeiro jogo da semifinal a tensão foi aliviada logo de cara. Com apenas um minuto de bola rolando, Daniel Cruz correu até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Fellipe Mateus abrir o placar no Alfredo Jaconi.

Assim, não foi preciso muito tempo para perceber que a decisão do técnico Zago de poupar os principais jogadores modificou bastante o modo de jogar do Juventude. O time gaúcho entrou com apenas quatro titulares em campo: Micael, Vacaria, Wallacer e Elias.

O gol sofrido logo no primeiro minuto de jogo fez o time se abater o Boa se viu com muita facilidade para penetrar a defesa. Aos cinco minutos, Romano roubou a bola no meio de campo e avançou com velocidade para o ataque. Por fim, ele tocou para Daniel Cruz, que chutou com força para fazer o segundo gol boveta.

Apesar do início intenso, a sequência da partida deixou muita desejar. O Boa deixou o ritmo cair e o Juve acabou acompanhando o adversário em vez de tentar reagir. Nos últimos minutos, o time alviverde teve uma boa chance em cabeceio de Vacaria e a equipe boveta tentou com Daniel Cruz, mas ambos falharam.

CORREU ATRÁS
No retorno para a segunda etapa, o Boa Esporte tentou imprimir o mesmo ritmo do inicio do primeiro tempo e logo obrigou o goleiro Elias a fazer uma grande defesa, em chute de Daniel Cruz, aos seis minutos. Mas dessa vez a pressão não funcionou e com o tempo o Juventude conseguiu se encontrar no jogo.

As tentativas frustradas do time alviverde foram muitas, mas quando a bola entrou foi em um golaço. Aos 28 minutos, Sananduva, que havia saído do banco de reservas, tirou a marcação girando sobre a bola e tocou no canto do goleiro para diminuir e fechar o placar.

Compartilhe Agora!

Recomendados Para Você:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transforme seu Lazer em Algo LucrativoSaiba Mais >>