Campeonato Gaúcho | Novo Hamburgo 0 x 1 Grêmio

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Grêmio aproveita falha do goleiro, bate Noia e se garante nas quartas
Jandrei não pega chute de Ramiro em gol que leva Tricolor às quartas de final de forma antecipada; jogo duro teve ainda dois gols anulados de Braian Rodríguez
O Novo Hamburgo deveria saber que não se pode vacilar contra o Grêmio de Felipão. Porque a história mostra que sempre será muito difícil recuperar. Afinal, o Grêmio de Felipão simplesmente não leva gols. Mas o Novo Hamburgo vacilou. O goleiro Jandrei falhou feio em chute de Ramiro, no gol definiu a partida da noite desta quarta-feira por 1 a 0, no Estádio do Vale, pela 13ª rodada do Gauchão. Como em outras partidas, o Tricolor conseguiu segurar a pressão fora de casa e acumulou a quinta vitória consecutiva no estadual, o oitavo jogo de invencibilidade e o quarto sem ver as suas redes serem tocadas. Resultado, quase óbvio, é a manutenção da liderança, com 26 pontos, um à frente do Inter, que tem um jogo a menos. E mais: classificação já garantida par as quartas de final.
O jogo foi duro, como o placar apertado recomenda. Antes da abertura do placar, aos 32 minutos do primeiro tempo, o Novo Hamburgo havia assustado ao menos duas vezes o goleiro Tiago, que começou um tanto vacilante, mas se recuperou ao longo da partida. Mas o destaque mesmo cabe ao árbitro Daniel Bins e sua dupla de auxiliares, que anularam dois gols de Braian Rodríguez, por impedimento e falta que não existiram.
As equipes voltam a campo no domingo. Às 16h, o Novo Hamburgo, que deixou a zona de classificação e ficou em nono com 18 pontos, visita o Ipiranga, no Colosso da Lagoa, enquanto o Grêmio recebe o São Paulo-RS, às 18h30, na Arena.
As dificuldades anunciadas antes de a bola rolar se confirmaram. O Grêmio não fez mau primeiro tempo, mas sofreu com as investidas de um rival de boa qualidade técnica. Tanto que os lances de perigo foram muitos e de todos os lados. Só o ex-colorado Leandrão teve ao menos duas ótimas chances, ambas finalizadas para fora. O Novo Hamburgo também contou com uma atuação vacilante do goleiro Tiago para se aproximar com perigo da defesa que tinha o retorno de Geromel, 115 dias parado por lesão.
Se Tiago foi vacilante, imagina o outro goleiro? Aos 32, Jandrei falhou feio, ao deixar escapar chute defensável de Ramiro, produto final de um contra-ataque bem arquitetado pelo Grêmio: 1 a 0. Antes, o time de Felipão não era tão agudo, embora dominasse a posse de bola e fizesse uma eficiente marcação sob pressão. Chegou a ter um gol mal anulado, uma vez que Braian Rodríguez tinha condições ao cabecear para as redes.
A cena se repetiria no segundo tempo. Daniel Bins anularia outro gol do Grêmio, também de Braian, alegando falta de Rhodolfo na origem do lance. Um dos raros momentos agudos do Tricolor, que optou por esperar o Novo Hamburgo. Assim, sofreu pressão, cruzamentos perigosos e um quase gol contra em corte atrapalhado de Marcelo Oliveira. Para completar uma etapa final de apuros, Matías Rodríguez e Douglas sangraram após divididas. O lateral precisou inclusive ser sacado, com um talho próximo ao joelho. De notícia boa, foi a entrada produtiva de Yuri Mamute, que por pouco não rendeu gols. De qualquer forma, a liderança estava garantida com a falha de Jandrei.

Compartilhe Agora!

Recomendados Para Você:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transforme seu Lazer em Algo LucrativoSaiba Mais >>