Libertadores | Millonarios 1 (2) x (4) 0 Atlético-PR


Futebol Milionário

Libertadores

Melhores Momentos

Millonarios 1 (2) x (4) 0 Atlético-PR. Atlético-PR vence o Millonarios nos pênaltis e avança à próxima na Libertadores.
Furacão perde por 1 a 0 no tempo normal, mas faz 4 a 2 nos pênaltis e pega vencedor de Universitario-PER x Deportivo Capiatá-PAR na terceira fase da Libertadores

O JOGO
Foi no sufoco, mas o Atlético-PR está classificado à terceira fase da Libertadores da América. Após o Millionarios devolver o placar de 1 a 0 no tempo normal, com gol de Jhon Duque, em Bogotá, o Furacão decidiu a sua vaga nos pênaltis com mais uma grande atuação de Weverton. O goleiro e capitão do time pegou um pênalti e ainda teve a ajuda de Núñez, que mandou no travessão. Com Felipe Gedoz, o placar por 4 a 2 nos pênaltis deu fim a um combate sofrido do Rubro-Negro que começou bem a partida, mas foi sentindo a altitude, o desgaste físico e a força da equipe colombiana pressionando até o final.

PRIMEIRO TEMPO
Apesar da vantagem do empate, o Atlético-PR partiu em busca do gol no início – o que obrigaria o Millonarios a marcar três vezes. Carlos Alberto organizava o meio-campo, Nikão e Pablo davam trabalho pelos lados, e Grafite incomodava os zagueiros na frente. Na primeira chance, o camisa 11 cruzou, e Pablo cabeceou para difícil defesa de Vikonis logo aos dois minutos. Depois, Nikão chutou cruzado, e o goleiro segurou. Grafite ainda caiu na área depois de ter sido agarrado, mas Julio Bascuñán mandou seguir. A partir dos 30, o Millos cresceu de produção. Comandado por Maxi Núñez e Quiñones, o time colombiano passou a rondar a área. Quiñones, inclusive, cabeceou no alto e obrigou Weverton a operar um milagre, garantindo o 0 a 0 no primeiro tempo.

Descubra Os Problemas Do Maior Inimigo Dos Atletas

SEGUNDO TEMPO
O Atlético-PR até assustou com Carlos Alberto em chute de longe no começo do segundo tempo, mas o Millonarios já retomou o domínio da partida. Weverton mostrava segurança nos cruzamentos e nas finalizações. Ele, porém, nada pôde fazer quando Jhon Duque cortou Sidcley e chutou no ângulo, aos 13, para abrir o placar. Com Felipe Gedoz no lugar de Nikão, o time de Paulo Autuori seguiu com dificuldades para chegar ao ataque. Com isso, o Millonarios mantinha a posse no campo de ataque, rondando a área rubro-negra e dando trabalho a Weverton e companhia. O Millos chegou a balançar as redes duas vezes, mas a arbitragem assinalou dois impedimentos.

Com o 1 a 0, a decisão ficou para as cobranças de pênaltis.

Compartilhe Agora!

Recomendados Para Você:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transforme seu Lazer em Algo LucrativoSaiba Mais >>