Chapecoense 0 x 2 Botafogo, Melhores Momentos – Série A 18/06/2017

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Botafogo encerra jejum e supera a Chapecoense fora de casa
Glorioso voltou a vencer fora de casa após mais de dois meses. Contra-ataques foram mortais e resultaram nos gols do criticado centroavante Roger e de Rodrigo Pimpão.

Uma atuação segura do Botafogo garantiu uma importante fora de casa, neste domingo, na Arena Condá. Contra a Chapecoense, os contra-ataques mortais do Glorioso resultaram num placar de 2 a 0 que encerrou jejum de nove partidas sem vencer como visitante. O resultado ainda alçou o time à parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro e evita um maior incômodo neste momento da temporada.

Aos oito minutos, a primeira chance clara. Apodi foi lançado em velocidade, cortou para dento e chutou de esquerda. Gatito Fernández fez boa defesa. A partida era estudada e com poucas faltas.

Quando parecia que a Chape começava a mandar na partida, o contra-ataque se ofereceu ao Glorioso. Aos 28, Rodrigo Pimpão arrancou pela esquerda e deu ótimo lançamento para Bruno Silva. O volante dominou e escorou para Roger abrir o placar.

A equipe da casa voltou a ameaçar mesmo aos 42. Novamente Apodi, principal ofensiva. O chute foi para fora. Aos 26, Girotto tentou de fora da área. Gatito pegou.

No segundo tempo, a Chape tentou acelerar um pouco mais, só que dar espaço para esse time do Botafogo pode ser fatal, ainda mais quando a sorte também veste preto e branco. Eram oito minutos quando Arnaldo cruzou, Luiz Otávio furou e a bola bateu em Rodrigo Pimpão antes de entrar: Fogão 2 a 0.

Vágner Mancini mexeu no time, tentou alterar a estratégia, queimou a terceira alteração cedo, mas a marcação alvinegra seguia competente. Aos 21, Arthur até conseguiu cabecear, mas o goleiro segurou.

Por sua vez, Jair Ventura demorou a substituir. Montillo só foi entrar (na vaga de Roger) no quarto final da partida. Talvez lembrando da partida contra o Vitória, quando o time cedeu o empate, também fora de casa, após abrir um igual 2 a 0).

Só que a capacidade de pressionar da Chape era menor que a do Leão baiano. Aos 32, Nenén quase encobriu Gatito. Mas foi Bruno Silva quem teve oportunidade clara, no minuto seguinte, após lançamento de Montillo. O chute cruzado, contudo, parou em Jandrei, e a bola saiu rente à trave.

Valente, a equipe da casa não se entregava, mas a organização do Botafogo falou mais alto até o final. João Paulo chutou forte aos 43 minutos, mas a bola foi no meio do gol. E foi só.

Compartilhe Agora!

Recomendados Para Você:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transforme seu Lazer em Algo LucrativoSaiba Mais >>