Santos 3 x 2 São Paulo, Melhores Momentos – Série A 09/07/2017

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Panela de pressão! Copete faz três e deixa São Paulo em penúltimo lugar
Colombiano jogou com cicatrizes na barriga por um acidente cozinhando e definiu o clássico que teve até pênalti perdido por Lucas Pratto na Vila Belmiro, neste domingo.

opete causou aflição logo nos primeiros minutos do clássico deste domingo ao, após errar um chute, levantar a camisa e exibir as marcas na barriga de um acidente com panela de pressão. Mas nem o abdômen sangrando atrapalhou o colombiano, autor dos três gols na vitória por 3 a 2 sobre o São Paulo.

As cicatrizes ficam para o rival, que até perdeu pênalti com Pratto. Dorival Júnior assumirá nesta segunda-feira um time que não vence há sete jogos e está em penúltimo lugar no Campeonato Brasileiro.

Na quinta-feira, às 19h30, no Morumbi, com o novo técnico no banco, o Tricolor, dono de 11 pontos em 12 rodadas, recebe no Morumbi a única
equipe com campanha pior do que a sua: o lanterna Atlético-GO.

Uma situação bem diferente da que vive o Peixe, que assume a quarta
colocação, agora com 20 pontos, na zona de vaga direta na fase de grupos
da Libertadores de 2018, e visita o Atlético-MG, às 19h30 de quarta.

E o São Paulo chegou a sonhar com mais. Ainda perto de perder Rodrigo Caio para o russo Zenit e sem Cueva, afastado para ser negociado (embora o técnico interino Pintado assuma publicamente a responsabilidade), teve as estreias de Arboleda e Jonatan Gomez e começou marcando adiantado. Até fez gol irregular com Denilson, impedido.

Mas, aos poucos, o 4-3-3 do Santos empurrou o 4-3-3 rival. O Peixe, sem Bruno Henrique, machucado, achou espaço e logo viu em Copete a chance de aproveitar da má fase adversária. Quando o Tricolor percebeu, o rival estava em sua área e Copete perdeu gol debaixo das traves, aos 37 minutos do primeiro tempo. Mas o colombiano não errou mais.

Renan Ribeiro cansou de pegar chutes e, quando rebateu, a bola encontrou Copete livre para fazer, aos 43 do primeiro tempo. Na volta do intervalo, aos 8, Júnior Tavares tentou puxar contra-ataque e entregou a bola para o Santos, que logo a colocou na cabeça de Copete, de novo, balançar as redes. O Tricolor parecia entregue quando Jean Mota limpou Buffarini e deu mais um gol a Copete, aos 21.

Parecia que o jogo só poderia piorar para o São Paulo, até porque
Pratto bateu na trave o pênalti que sofreu de David Braz. Mas Pintado colocou os garotos Shaylon e Lucas Fernandes em campo e descontou com o próprio Shaylon e Arboleda. Um sinal de esperança para Dorival, mas insuficiente para somar ponto na Vila Belmiro neste domingo.

Compartilhe Agora!

Recomendados Para Você:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transforme seu Lazer em Algo LucrativoSaiba Mais >>